Menu
A+ A A-

Em 1964, um grupo de Arouquenses, após um incêndio numa residência no lugar de Areeiro, freguesia de Santa Eulália, motivados sobretudo por isso, decide fundar uma Associação de Bombeiros Voluntários em Arouca. Produzem, então, os Estatutos que são aprovados pelo Governo Civil de Aveiro pelo Alvará N.º 20, de 22 de Maio de 1964, Estatutos esses que só virão a ser publicados em Diário da República em 24 de Julho de 1980.

Neste intervalo, porque não se passou do papel, em 1976 um pequeno grupo de cidadãos decide retomar a ideia inicial. Nesse sentido, são feitos contactos com o Comandante dos Bombeiros Sapadores do Porto, procurando o necessário aconselhamento quanto à forma de avançar em direcção ao objectivo proposto. È criado o Corpo de Bombeiros e convidado o Senhor Antero Brandão de Almeida para assumir as funções de Comandante.


Quartel AntigoEstamos no ano de 1977.Do grupo de trabalho inicial surge a “Comissão de Arranque” que vai completar a formalização e institucionalização da actual Associação. Em 1980, assume o Comando do Corpo de Bombeiros o Professor Carlos Neto de Oliveira Esteves. Agora, com um Corpo de Bombeiros, a vida da Associação, como todas as coisas, nasce pequenina e abrigada em instalações mínimas e precárias, que se queriam provisórias. Os meios disponíveis são mínimos, mas é grande a vontade.É tempo do ‘arregaçar as mangas’. Lançado o apelo, gera-se uma mobilização geral no sentido da necessária angariação de fundos. O povo responde com generosidade, quer no ‘cortejo da árvore’, quer nos peditórios nas freguesias, quer nos vários festivais hípicos realizados.

ConstruçãoQuando parece estarem reunidas as condições mínimas necessárias, e porque as respostas a dar à comunidade o exigiam, avança-se para o projecto de construção do novo quartel. Foi um processo complexo, complicado e moroso. Havia, entretanto, já sido firmado um protocolo com a Câmara Municipal para se conseguir um terreno e apoio financeiro. O Projecto está pronto mas é necessária a sua inclusão no PIDAC o que é conseguido graças à intervenção do então Ministro da Defesa,Dr. Fernando Nogueira.Em 1991 é lançada a Primeira Pedra e as obras iniciam-se em finais desse ano. Procede-se uma ‘campanha de angariação de fundos’ que vai receber a melhor resposta do povo de Arouca e não só. Também o auxílio dos nossos sócios Beneméritos foi altamente relevante.

Inauguração Novo QuartelAssim:
No dia 18 de Setembro de 1993, com a presença do Senhor Ministro da Administração Interna – Dr. Dias Loureiro – é inaugurado o Novo Quartel. Em 9 de Novembro de 2001 são nomeados os actuais elementos do Comando. Em 2002, a Associação celebra as Bodas de prata com a presença do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Administração Interna – Dr. Nuno Magalhães. O Corpo de Bombeiros vai crescendo ao longo dos tempos e em 2002 passou a contar com um Corpo Feminino, ao mesmo tempo que se vai renovando e aumentando o parque de viaturas e demais meios indispensáveis ao cumprimento das missões que lhe estão cometidas. 
Hoje, novos desafios são já preocupações permanentes e prementes mas, como sempre, contamos com a generosidade dos nossos Associados, Beneméritos e Comunidade em geral a quem, procuramos servir com mais e melhores condições.
A todos quantos deram e dão o seu melhor a esta Instituição, o nosso BEM HAJAM.


AO POVO DE AROUCA SE DEVE ESTA SUA INSTITUIÇÃO.